Qui Jul 19

Warning: Division by zero in /home/storage/d/82/5a/mondobacana1/public_html/plugins/content/extranews.php on line 637

Warning: Division by zero in /home/storage/d/82/5a/mondobacana1/public_html/plugins/content/extranews.php on line 638

Warning: imagecreatetruecolor() [function.imagecreatetruecolor]: Invalid image dimensions in /home/storage/d/82/5a/mondobacana1/public_html/plugins/content/extranews.php on line 701

Warning: imageantialias(): supplied argument is not a valid Image resource in /home/storage/d/82/5a/mondobacana1/public_html/plugins/content/extranews.php on line 702

Warning: imagecopyresampled(): supplied argument is not a valid Image resource in /home/storage/d/82/5a/mondobacana1/public_html/plugins/content/extranews.php on line 703

Warning: imagejpeg(): supplied argument is not a valid Image resource in /home/storage/d/82/5a/mondobacana1/public_html/plugins/content/extranews.php on line 704

Arquivo

Paranoika

Atenção, abrir em uma nova janela. ImprimirE-mail
Twittar este Artigo

Acompanhe o diário de bordo da banda curitibana em sua turnê de quatro shows na Holanda

Karla Hill em uma das apresentaçõesTexto por Cesar Mattos (com a colaboração de Karla Hill)

Fotos: Acervo Paranoika

Sábado – 23 de novembro de 2013

Enfim estamos na Holanda! O vôo foi tranquilo. Chegamos e não tivemos nenhum problema no aeroporto Schipol, em Amsterdam. O povo daqui é muito educado e atencioso. Até agora não encontramos ninguém que não falasse inglês. Isso facilita bastante a comunicação.

O primeiro dia aqui é de adaptação. Damos uma volta a pé no centro da cidade, mesmo com um frio de rachar. Vemos muitas coisas legais no passeio e o que chama a atenção logo de cara é o uso da bicicleta como meio de transporte. Mesmo a gente sabendo que isso é uma marca registrada do país, impressiona a quantidade de bicicletas e como o trânsito delas flui. Paramos num restaurante italiano pra jantar e o jet lag bate. Passeamos mais um pouco e voltamos pro hotel pra descansar para a viagem até Groningen.

Karla na van, rumo a GroningenDomingo – 24 de novembro de 2013

Às duas da tarde, Ronald, o nosso road manager, já está nos esperando com a van para a viagem de duas horas até Groningen. Aliás, a pronúncia do nome da cidade é difícil: parece o Galvão Bueno dizendo “Rrrrrronaldo!”. Chegamos ao local do show, o De Oosterpoort. Um lugar enorme com pé direito alto, onde de frente para o palco é pista e mais atrás são cadeiras. É como se o Teatro Guaíra não tivesse cadeiras na plateia.

A produção ,tanto a local quanto a da Beth Hart, nos trata muito bem. É tudo feito num clima sem estresse, com muito profissionalismo e rapidez. Nós montamos e passamos o som em 40 minutos e o som fica porrada.

Às seis e meia vamos jantar. Típica dutch food com vegetais, batata, peixe e algumas sobremesas deliciosas. Servem até vinho pra gente. Em seguida voltamos ao camarim, que já estava preparado. Está quase na hora do show e fazemos uma concentração pra espantar a ansiedade com um longo grito. De repente, o produtor chega à porta e diz “It's time!”.

Damos uma olhadela pela cortina pra ver o público e isso assusta um pouco. Mas é gratificante e ao mesmo tempo desafiador tocar em um lugar completamente lotado, para um público diferente e que nunca escutou nosso som, salvo aqueles que talvez por curiosidade foram checar qual seria a banda de abertura e acabaram conhecendo e curtindo nossa página no Facebook.

Começamos o show sem a nossa abertura pois tivemos que adaptar tudo para 30 minutos de show na última hora – o que cortou algumas músicas do set list (“My Toy”, “Unconditional”, “Secret”, a cover do Depeche Mode “Enjoy The Silence”, “Another Chance”, “Up To You” e “Out Of Control”). A Karla dá boas vindas e introduz a banda, dizendo que somos do Brasil. Opa! Ligam os ouvidos! Mesmo sabendo que os holandeses do norte são mais reservados, a banda tem resposta positiva logo na primeira música. O gelo é quebrado e seguimos nosso show mostrando que estamos muito felizes de estar ali. E é incrível.

Segunda – 25 de novembro de 2013

Day off. Hoje dedicamos o dia para descansar. Saímos somente para lugares pelas redondezas do hotel. Amanhã seguiremos para Tilburg.

A banda fazendo seu show em TilburgTerça – 26 de novembro de 2013

Acordemos mais cedo e começamos a nos preparar para o show. Decidimos o figurino, combinamos o horário um pouco mais cedo pra conhecer a cidade de Tilburg. Temos cerca de duas horas de uma boa caminhada.

Chegando no 013, o local do show, seguimos com praticamente o mesmo cronograma de Groningen, com a exceção de que ganhamos mais cinco minutos de show. Nessa passagem de som conseguimos deixar os monitores bem melhor ajustados, o que nos dá muito mais tranquilidade.

Chegando perto do horário, já sem tanto nervosismo e ansiedade, fazemos nossa concentração e entramos no palco. O show é melhor que o anterior e saímos muito satisfeitos. Set list: “My Toy”, “Unconditional”, “Secret”, “Enjoy The Silence”, “Another Chance”, “Ficando Louca (Getting Crazy)”, “Up To You” e “Out Of Control

Karla e o canal de Utrecht ao fundoQuarta – 27 de novembro de 2013

Nosso day off é aproveitado com um belo sightseeing. Logo cedo saímos para o centro de Amsterdam. Andamos bastante, fizemos compras, visitamos o Museu Van Gogh e por volta de 4 da tarde nos encontramos com o nosso simpático road manager Ronald Oor. Ele já tinha nos convidado para passear em Utrecht, cidade próxima a Amsterdam, que é muito aconchegante e nos rende um passeio muito agradável. Contornamos um canal da parte antiga da cidade, com o céu já totalmente escuro às cinco horas.

Após o passeio vamos à casa do Ronald, onde ele oferece um ótimo jantar com boa música, boa conversa, excelente degustação de cervejas belgas e holandesas e muitas risadas depois de um desafio lançado: quem conseguia ler em voz alta o idioma do outro. Acho que levamos a pior tentando ler em holandês...

Paranoika e David Wolff no camarimQuinta – 28 de novembro de 2013

Chega o grande dia em que vamos tocar na emblemática Paradiso, palco de tantos consagrados em Amsterdam, como Rolling Stones, Nirvana e Police. Ronald chega pontualmente às três e meia da tarde para nos levar até o local, uma igreja desativada no final dos anos 60 e que foi reformada para ser palco de grandes concertos.

Chegando lá logo encontramos David Wolff, empresário da Beth Hart, dizendo que o show dela seria gravado naquele dia e, consequentemente, o nosso também. Isso nos pega um pouco de surpresa mas a notícia é ótima! Mesmo assim rola um certo nervosismo pela responsabilidade de sair tudo certo na gravação. Fizemos muitos ensaios e acreditamos que estamos preparados para o que der e vier. O negócio é respirar fundo e entrar pontualmente às sete e meia no palco principal do Paradiso.

O show é muito bem recebido. Acreditamos ter sido o nosso melhor até agora. O público de Amsterdam é mais aberto do que os das outras cidades e vem muitas pessoas trocar idéias com a gente. Set list: “My Toy”, “Unconditional”, “Secret”, “Enjoy The Silence”, “Another Chance”, “No Rules”, “Ficando Louca”, “Up To You” e “Out Of Control".

Os curitibanos em ação na ParadisoSexta – 29 de novembro de 2013

Este é um dia especial: além de aniversário de quem vos escreve, é a data do último show da nossa turnê. A sensação de um músico comemorar seu aniversário tocando em outro país num lugar tão bacana é muito especial e gratificante.

A passagem de som na Paradiso é rápida, pois tudo já está configurado para o show anterior. Depois de alguns acertos pequenos, temos o melhor som de monitor da tour e, consequentemente, o melhor de todos os shows que fizemos até então. A Karla está muito bem e nos lidera num show além do nosso esperado.

Relaxados e com sensação de missão cumprida, aproveitamos a noite vendo o show espetacular da cantora americana Beth Hart. Acho que ela também percebe que o som está impecável e presenteia as 1500 pessoas presentes com uma apresentação fantástica. Set List: “My Toy”, “Unconditional”, “Secret”, “Enjoy The Silence”, “Another Chance”, “No Rules”, “Ficando Louca”, “Up To You” e “Out Of Control”.

Cesar e as bicicletas de AmsterdamSábado – 30 de novembro de 2013

Hora de ir embora para o Brasil. Percebe-se a tristeza nos olhos de todos. Pelos momentos intensos que vivemos na nossa primeira tour internacional. Mas valeu muito a pena. Sentimos a força de nossos amigos e fãs da banda pelo Facebook (que mesmo de longe nos deram mais força e alegria, tanto quanto os novos que fizemos durante a viagem) para encarar os anseios de uma iniciativa como esta.

Quatro noites de casa lotada, com muitas sensações e emoções que não sairão das nossas cabeças tão cedo. Dank u heel Nederland!

 


Artigos Relacionados:
Artigos Relacionados - Recentes:

Comentarios (0)Add Comment

Escreva seu Comentario
menor | maior

security code
Escreva os caracteres mostrados


busy

Novos Downloads

Vanilla Dreams (mb extra) Punkake
Vanilla Dreams (mb extra)
Wasabi EP (mb 93) Magaivers
Wasabi EP (mb 93)
Bunch Of Grapes (mb 92) Tangerines And Elephants
Bunch Of Grapes (mb 92)

Videos Recentes

View Video
Jack Is Only Happy When She's Up On The Stage
View Video
Arisen My Senses
View Video
When You Die
View Video
Não Fui Eu
View Video
Already Gone
View Video
E o Meu Peito Mais Aberto que o Mar da Bahia
View Video
Palmeiras ao Vento
View Video
Inocente